Reviews

Anfepramona Bula: Emagrece mesmo? Veja tudo!

Anfepramona Bula: O desejo por um corpo magro e em forma te motiva a tomar medicamentos para emagrecer? A anfepramona é um fármaco utilizado com o objetivo de ajudar na redução de peso.

Mas será que esse medicamento realmente é eficaz? Ou você irá sofrer com os efeitos colaterais e acabar desistindo do medicamento? E quanto ao efeito sanfona? Se você possui estas e outras dúvidas, continue lendo que iremos esclarecer tudo a respeito desse medicamento.

anfepramona bula

O Que é Anfepramona Bula?

Este fármaco age diretamente no sistema nervoso central, inibindo o apetite de quem o consome.

Utilizado no mercado brasileiro a mais de 30 anos, esse medicamento possui efeitos colaterais semelhantes ao de uma anfetamina.

Devido aos seus efeitos colaterais, os medicamentos que usam como base as anfetaminas para emagrecer haviam tido vendas proibidas no Brasil em 2011 pela ANVISA, no entanto, voltaram a ser comercializados em 2014.

Anfepramona Emagrece Mesmo?

Apesar de todos os efeitos colaterais que iremos abordar mais adiante, os medicamentos que utilizam anfetaminas como fármaco base como é o caso da anfepramona são eficazes no emagrecimento, principalmente quando se trata de pessoas com IMC acima de 30, ou seja, pacientes obesos.

O que acontece é que esses medicamentos são eficazes no emagrecimento porque agem diretamente sobre o sistema nervoso central inibindo o apetite e também oferecendo uma sensação de corpo mais disposto.

Nesse contexto, a pessoa passa a comer menos e conseguirá mesmo assim se exercitar mais, o que contribui para uma perda de peso bastante significativa em curto espaço de tempo.

Mudança de Hábitos

Por se tratar de uma anfetamina, o uso de anfepramona deve ser feito por um período curto de tempo e com acompanhamento médico.

Por esse motivo, é bastante comum que as pessoas que não mudam seus hábitos alimentares e não procuram uma atividade física acabam por recuperar o peso perdido após parar de consumir o medicamento.

Por esse motivo, é essencial que o paciente tenha total comprometimento com o tratamento para que ele seja de fato eficaz e o peso não volte a ser um problema após o consumo desse medicamento.

Afinal, é bastante comum que pessoas com sobrepeso ou obesidade que tratam o problema com o uso de medicamentos acabem sofrendo com o efeito sanfona quando o tratamento medicamentoso acaba.

Se esse é o seu principal medo, indicamos que você comece uma atividade física que você realmente goste, seja dançar, lutar ou até mesmo correr, desde que você se sinta motivado a ir treinar e também se aproveite da falta de apetite para mudar a forma como você se alimenta.

Ingerir mais frutas, legumes e verduras é o primeiro passo para começar a gostar de alimentos mais saudáveis e tirar da sua dieta a alimentação industrializada que é pobre em nutrientes e rica em gorduras e calorias vazias.

Efeitos Colaterais da Anfepramona

Por ser um estimulante do sistema nervoso central, é frequente o aumento da pressão arterial nos pacientes que utilizam esse medicamento, por isso, ele é contraindicado para pessoas que já foram diagnosticadas como hipertensas.

Além disso, é preciso ter atenção para o uso dessa medicação, uma vez que ela gera tolerância, ou seja, quanto mais se toma esse medicamento maiores são as doses necessárias para que o corpo tenha o efeito desejado.

Sendo necessário, portanto, o acompanhamento rigoroso da dosagem por parte do médico que prescreveu o medicamento, lembrando sempre que a anfepramona serve como um complemento para acelerar a perda de peso e motivar o paciente.

Devendo ser inserido na rotina somente quando o paciente está muito acima do peso ideal e realmente deseja se esforçar em manter a dieta e exercícios físicos corretamente, fazendo com que o período de uso do medicamento seja o menor possível.

Outro fator que deve ser levado em consideração é que esse medicamento é sim capaz de levar a dependência podendo fazer com que o usuário passe a desejar doses cada vez mais altas de anfetaminas.

Isso acontece porque ao consumir o medicamento ele gera uma sensação de bem-estar que passa a durar cada vez menos, sendo necessário aumentar a dosagem dele para que essa sensação volte a durar.

Reações Adversas

Por agir diretamente sobre o sistema nervoso central, as reações adversas mais comuns apresentadas pelos pacientes que usam a anfepramona são: insônia, vertigens, irritabilidade, dores de cabeça, constipação, hipertensão, taquicardia, tremores e ansiedade.

Por isso, vale a pena verificar se esse medicamento é mesmo o mais indicado para que você consiga emagrecer, uma vez que muitas pessoas comem por ansiedade.

Se esse é o seu caso, certamente o uso de anfepramona pode complicar ainda mais a sua relação com a comida pelo fato dele contribuir para que a ansiedade se agrave, principalmente devido a você ficar mais agitado e diminuir a quantidade de horas que precisa dormir para se sentir revigorado, dando mais tempo para os ataques a geladeira.

Agora que você já sabe como a anfepramona funciona, aproveite seu novo conhecimento para decidir se de fato esse é o aliado ideal para o seu emagrecimento.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
error: Content is protected !!