Bem-Estar

Artrose no Joelho tem Cura? Veja Sintomas e Tratamento!

A artrose é uma doença degenerativa caracterizada pela deterioração da cartilagem articular, que pode afetar qualquer articulação do corpo. Contudo, a artrose afeta mais comumente os joelhos, pois é uma das articulações mais afetadas e isso traz vários sintomas.

A artrose do joelho provoca a perda da cartilagem articular e os ligamentos em torno do joelho são, portanto, o que cria instabilidade da articulação. A dor associada com osteoartrite do joelho vem de ligamentos e tendões localizados perto da articulação.Continue lendo o artigo e saiba mais!

Artrose

Artrose no Joelho tem Cura?

A artrose no joelho piora progressivamente ao longo do tempo e não há cura. Contudo, hoje existem maneiras de tratar. Uma vez considerado um fenômeno inevitável, é atualmente objeto de pesquisa médica ativa. Aliviando a dor, melhorando a capacidade de movimento das articulações afetadas, reconhecendo o momento certo para a cirurgia, estes são os principais objetivos dos tratamentos de osteoartrite.

O joelho é uma articulação composta por três compartimentos articulares: a articulação patelofemoral, os compartimentos interno femoral-tibial e externo. Assim, a osteoartrite pode afetar diferentes áreas do joelho:

  •     Osteoartrite femoro-tibial interna
  •     Osteoartrite femoro-tibial externa
  •     Artrose patelofemoral

A destruição pode ser:

  •     Parcial: A osteoartrite é responsável por reduzir a espessura da cartilagem, torna-se irregular e dificulta os movimentos.
  •     Completo : A cartilagem desaparece totalmente. Os ossos da articulação são então nus, o que causa dor intensa e um gene muito importante nos movimentos.

Sintomas de Artrose no Joelho:

Os sintomas mais comuns da artrose, em particular, incluem:

  • dor nas articulações
  • rigidez articular
  • sensibilidade nas articulações afetadas
  • flexibilidade reduzida nas articulações afetadas
  • esfoladura ou esfregamento osso-osso
  • esporões ósseos, ou pequenos pedaços de crescimento ósseo extra que podem se desenvolver em torno de articulações afetadas

Os principais sintomas clínicos da artrose são dor e desconforto no movimento. Estes aparecem para cada articulação afetada, mas sua intensidade pode variar dependendo da articulação afetada. O aparecimento de sintomas geralmente é feito gradualmente.

Os sintomas da artrose no joelho, são:

  •     Dor e desconforto nos movimentos do joelho
  •     Inchaço
  •     Dor de um nível muito moderado a dor insuportável
  •     Dor relacionada principalmente à atividade, caminhada, subida e descida de escadas
  •     Dor acentuada por excesso de peso e cargas pesadas
  •     Geralmente diminui com o repouso, sentado ou deitado.
  •     Às vezes pode ser acompanhada de inflamação e acordar o paciente durante a noite.

Causas da Artrose no Joelho:

Os fatores de risco apresentados abaixo são os mais comumente observados para a articulação do joelho. No entanto, eles não devem ser interpretados como sistemáticos. Cada indivíduo é diferente, seu ambiente também (como profissão, lazer, esporte …), esses fatores de risco não existem em todos os indivíduos. Apenas o seu médico pode informá-lo sobre seus próprios fatores de risco para a osteoartrite. Os fatores de risco mais comuns são:

  •     Sexo : A gonartrose e a osteoartrite digital são mais comuns em mulheres. Fatores hormonais são suspeitos sem prova formal
  •     O excesso de peso é um importante fator de risco.
  •     Anomalias arquitetônicas, trauma nas articulações (fraturas meniscais ou ligamentos cruzados, …)
  •     Hereditariedade, exercício físico em um nível intensivo
  •     Micro-traumatismos (profissionais …), doenças metabólicas (infecções, reumatismo, osteonecrose, …)

Acredita-se que os hormônios sexuais possam estar envolvidos, mas, por enquanto, nenhum tratamento hormonal administrado após a menopausa mostrou um efeito protetor da osteoartrite.

Artrose

Tratamentos para Dor no Joelho:

Exercícios:

Estes são alguns exercícios simples que são projetados para alongar, fortalecer e estabilizar o joelho. É importante tentar fazer alguns desses exercícios todos os dias. Tente repetir cada exercício entre 5 e 10 vezes e entre duas e três vezes por dia.

Exercícios de alongamento:

  • Levantamento em perna reta (sentado)

Sente-se com boa postura em uma cadeira. Endireite uma de suas pernas, segure por uma contagem lenta até 10 e, em seguida, abaixe lentamente a perna. Repita 10 vezes com cada perna. Se você achar que pode fazer isso facilmente, endireite e levante uma perna, antes de segurar por 10. Tente adquirir o hábito de fazer este exercício toda vez que se sentar.

  • Trecho da perna

Sente-se no chão com as pernas esticadas à sua frente. Lentamente, dobre um joelho em direção ao peito, deslizando o pé pelo chão até sentir um alongamento suave. Mantenha por cinco segundos. Endireite a perna o máximo que puder e segure nessa posição por cinco segundos. Repita 10 vezes com cada perna.

Exercícios de fortalecimento:

Os seguintes exercícios podem ser muito difíceis de fazer, então tente fazê-los duas a três vezes por semana.

  • Levantamento em perna reta (deitado)

Deite-se e dobre uma das suas pernas no joelho. Mantenha a outra perna esticada e levante o pé da sua cama ou do chão. Mantenha uma contagem lenta de cinco e, em seguida, diminua. Faça isso até não poder mais fazer nada, descanse por um minuto e faça isso mais três vezes.

  • Alongamento muscular

Deite-se com uma toalha enrolada sob o tornozelo da perna. Dobre a outra perna no joelho. Use os músculos da perna esticada para empurrar a parte de trás do joelho com firmeza em direção à cama ou ao chão. Espere por uma contagem lenta de cinco. Repita pelo menos cinco vezes com cada perna. Este exercício ajuda a evitar que o seu joelho se torne permanentemente dobrado. Tente fazer isso pelo menos uma vez por dia quando estiver deitado.

  • Agachamento do joelho

Segure-se em uma cadeira ou superfície de suporte. Agache-se até que seu joelho esteja diretamente sobre o dedão do pé. Retornar para a posição normal. Repita até não poder mais, descanse por um minuto e repita mais duas vezes. Conforme você melhora, tente se agachar um pouco mais, mas não dobre os joelhos além de um ângulo reto.

  • Perna cruz

Sente-se à beira de uma mesa, assento ou cama e cruze os tornozelos. Empurre a perna da frente para trás e a perna de trás para a frente, até que os músculos da coxa fiquem tensos. Mantenha isso por tanto tempo quanto puder, depois relaxe. Descanse por um minuto e depois repita mais duas vezes. Troque as pernas e repita.

  • Sentar/ Levantar

Sente-se em uma cadeira. Sem usar as mãos para apoiar, levante-se e sente-se novamente. Certifique-se de que cada movimento seja lento e controlado. Repita até que você não possa mais fazer. Descanse por um minuto e repita mais duas vezes. Se a cadeira estiver muito baixa, comece com a elevação de uma almofada no assento e retire-a quando não precisar mais dela.

Artrose

Algumas soluções para ajudar você a aliviar a dor causada pela artrose no joelho:

  • Perca seu excesso de peso.
  • Faça atividade física: Para apoiar os joelhos, escolha exercícios de musculação focados especialmente nos quadríceps localizados na frente da coxa. Exercícios aeróbicos podem dar mais força e aliviar a dor. Alongamentos podem impedir a rigidez.
  • Use ajudas mecânicas: Uma bengala ou uma muleta, podem aliviar o peso imposto aos joelhos doloridos.
  • Aplique calor e frio: Uma almofada de aquecimento pode aliviar a rigidez e a sensibilidade articular crônica. Quando você tiver dor aguda e inchaço, aplique gelo.
  • Use massagem terapêutica: Massagem tem resultados muito positivos na artrose do joelho.

Use os medicamentos com cautela:

  •     Ibuprofeno e naproxeno podem aliviar a dor e a inflamação. No entanto, é importante saber que eles podem causar aumento na pressão arterial, se tomado por um período prolongado. Tente usá-los apenas por breves períodos.
  •     O acetaminofeno também pode aliviar a dor. No entanto, em doses elevadas, pode danificar o fígado. Certifique-se de não exceder 4000 mg por dia.

Tratamento cirúrgico:

  •     A cirurgia na artrose do joelho é indicada quando há suspeita de um pedaço de cartilagem ou menisco móvel e instável nessa articulação. Envolve a introdução de uma pequena câmera na articulação doente para avaliar as lesões causadas pela artrose. Também possibilita a realização de uma lavagem articular ou diretamente com o auxílio de uma pinça.

Veja Também

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais. E caso queira fazer o uso dos tratamentos para artrose no joelho, consulte o médico e nutricionista, ele irá avaliar se é ideal para o seu caso.

Você também pode ficar por dentro de muitas dicas e conteúdos sobre saúde, dieta, suplementos, emagrecimento e bem-estar, é só dar uma olhada nos outros artigos pelo blog. Se ainda tiver dúvidas, entre em contato e deixe sua mensagem, será um prazer te ajudar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.