Amostra Grátis

Parabéns! Você ganhou um Desconto EXCLUSIVO no Low Master, o Emagrecedor das Famosas! Garanta até 70% OFF colocando seu e-mail abaixo:

Alimentação

Azeite de Oliva e seus Benefícios para a Saúde

Rate this post

O azeite é o óleo natural extraído das azeitonas, o fruto da oliveira. Este óleo, parte da dieta mediterrânea, é uma gordura tradicional que tem sido um alimento básico para algumas das populações mais saudáveis ​​do mundo. Os benefícios dessa gordura estão entre as poucas coisas que a maioria dos nutricionistas realmente concordam.

Estudos sugerem que o azeite reduz a inflamação e pode até ter efeitos benéficos em genes ligados ao câncer. As gorduras monoinsaturadas também são bastante resistentes ao calor elevado, tornando o azeite extra-virgem uma escolha saudável para cozinhar.

Azeite de Oliva

Benefícios do Azeite de Oliva:

1. Azeite contém grandes quantidades de antioxidantes

O azeite extra virgem é bastante nutritivo. Além de seus ácidos graxos benéficos, contém quantidades modestas de vitaminas E e K. Mas o azeite também é carregado com poderosos antioxidantes. Esses antioxidantes são biologicamente ativos e podem reduzir o risco de doenças crônicas. Eles também combatem a inflamação e ajudam a proteger o seu colesterol sanguíneo da oxidação – dois benefícios que podem diminuir o risco de doença cardíaca.

2. O Azeite tem fortes propriedades anti-Inflamatórias

O azeite extra-virgem pode reduzir a inflamação, que pode ser uma das principais razões para os seus benefícios para a saúde. Os principais efeitos anti-inflamatórios são mediados pelos antioxidantes. Entre eles, destaca-se o oleocanthal, que demonstrou funcionar de forma semelhante ao ibuprofeno, um medicamento anti-inflamatório. A pesquisa também sugere que o ácido oléico, o principal ácido graxo do azeite, pode reduzir os níveis de importantes marcadores inflamatórios, como a proteína C reativa

3. Azeite pode ajudar a prevenir derrames

Acidente vascular cerebral é causado por uma perturbação do fluxo sanguíneo para o cérebro, seja devido a um coágulo sanguíneo ou hemorragia. A relação entre o azeite e o risco de acidente vascular cerebral foi estudada extensivamente, e foi descoberto que o azeite de oliva era a única fonte de gordura monoinsaturada associada a um risco reduzido de derrame e doenças cardíacas.

4. Azeite protege contra doenças cardíacas

O azeite extra virgem é um dos principais ingredientes dessa dieta, protegendo contra as doenças cardíacas de várias maneiras. Diminui a inflamação, protege o colesterol LDL “mau” da oxidação, melhora o revestimento dos vasos sanguíneos e pode ajudar a prevenir a formação excessiva de coágulos sanguíneos. Se você tem doenças cardíacas, uma história familiar de doença cardíaca ou qualquer outro fator de risco importante, você pode incluir azeite extra-virgem em sua dieta.

6. Azeite pode combater a doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer é a condição neurodegenerativa mais comum no mundo. Uma de suas principais características é o acúmulo das chamadas placas beta-amilóides dentro das células do cérebro. Um estudo mostrou que uma substância em azeite pode ajudar a remover essas placas e indicou que uma dieta mediterrânea rica em azeite beneficiou a função cerebral.

7. Azeite pode reduzir o risco de diabetes tipo 2

O azeite parece ser altamente protetor contra o diabetes tipo 2. Vários estudos ligaram o azeite a efeitos benéficos sobre o açúcar no sangue e a sensibilidade à insulina. Uma dieta mediterrânica rica em azeite reduz o risco de diabetes tipo 2 em mais de 40%.

8. Os Antioxidantes do Azeite têm propriedades anti-cancerígenas

O câncer é uma das causas mais comuns de morte no mundo. Os antioxidantes no azeite de oliva podem reduzir o dano oxidativo devido aos radicais livres, que acredita ser um dos principais responsáveis ​​pelo câncer. Muitos estudos em tubos de ensaio demonstram que os compostos do azeite podem combater as células cancerosas.

9. Azeite pode ajudar a tratar a artrite reumatóide

A artrite reumatóide é uma doença auto-imune caracterizada por articulações deformadas e dolorosas. Embora a causa exata não seja bem compreendida, ela envolve o sistema imunológico atacando as células normais por engano. O azeite parece melhorar os marcadores inflamatórios e reduzir o estresse oxidativo em indivíduos com artrite reumatóide. O azeite de oliva é ainda mais benéfico quando combinado com óleo de peixe. Num estudo, o azeite e o óleo de peixe melhoraram significativamente a dor nas articulações e a rigidez matinal em pessoas com artrite reumatóide.

10. Azeite Tem Propriedades Antibacterianas

O azeite contém muitos nutrientes que podem inibir ou matar bactérias nocivas. Uma delas é a Helicobacter pylori , uma bactéria que vive no seu estômago e pode causar úlceras estomacais e câncer de estômago. Estudos em tubos de ensaio demonstraram que o azeite extra-virgem combate oito estirpes desta bactéria, três das quais são resistentes a antibióticos.

Azeite de Oliva

Certifique-se de obter o tipo certo de azeite:

Comprar o tipo certo de azeite é extremamente importante. O azeite extra virgem retém alguns dos antioxidantes e compostos bioativos das azeitonas. Por este motivo, é considerado mais saudável do que a variedade mais refinada de azeite.

Mesmo assim, há muita fraude no mercado de azeite, já que muitos óleos que dizem “extra virgem” no rótulo foram diluídos com outros óleos refinados. Portanto, examine os rótulos cuidadosamente para garantir que você está recebendo azeite extra virgem de verdade. É sempre uma boa ideia ler as listas de ingredientes e verificar se há certificação de qualidade.

 Você pode cozinhar ou fritar o Azeite de Oliva?

O azeite, que contém principalmente ácidos graxos mono- insaturados (apenas uma ligação dupla), é na verdade bastante resistente ao calor elevado. Em um estudo, pesquisadores aqueceram azeite de oliva extra virgem a 180 graus Celsius por 36 horas. O óleo era altamente resistente a danos. Outro estudo utilizou azeite de oliva para fritar e demorou 24 a 27 horas para atingir níveis de dano que eram considerados prejudiciais. No geral, o azeite parece ser muito seguro mesmo para cozinhar em um calor bastante elevado.

veja também:

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais. E caso queira experimentar os benefícios do azeite, consulte o nutricionista.

Você também pode ficar por dentro de muitas dicas e conteúdos sobre saúde, dieta, suplementos, emagrecimento e bem-estar, é só dar uma olhada nos outros artigos pelo blog. Se ainda tiver dúvidas, entre em contato e deixe sua mensagem, será um prazer te ajudar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.