Parabéns! Você ganhou uma Amostra Grátis de Low Master o Emagrecedor das Famosas! Cadastre seu melhor e-mail para Receber:

Bem-Estar

Diabetes Gestacional: Sintomas, Riscos e Diagnóstico

Rate this post

A Diabetes Mellitus Gestacional (DMG) é caracterizada pela intolerância à glicose, geralmente ocorre nos primeiros meses de gestação, e na maioria dos casos, desaparece após o parto.

Esse quadro é causado porque durante a gravidez, as mulheres entram em um estado hiperinsulinêmico, ou seja, as mulheres grávidas tendem à diminuição de insulina no corpo devido às alterações hormonais.  

As desordens hormonais ocorrem nos hormônios  progesterona, cortisol, prolactina e o hormônio lactogênico placentário, estes hormônios podem causar um nível elevado de açúcar no sangue.

Estudos revelam que o quadro de diabetes gestacional atinge de 3% a 8% das gestantes no Brasil, porém, foi constatado que na maioria dos casos, a complicação desaparece após o parto se for tratado adequadamente e continuamente.

Saiba agora quais são as causas, sintomas, riscos, tratamento e tudo sobre diabetes gestacional.

diabetes gestacional

diabetes gestacional sintomas

Quais as causas?

A diabetes gestacional é um quadro de hiperglicemia no sangue. e é causado pelas alterações hormonais que não realizam as funções normais de regulação dos índices glicêmicos do corpo.

Ou seja, a insulina, que é o hormônio responsável por regular o açúcar do sangue, não promove essa estabilidade, gerando o aumento de glicose no sangue.

Quais os riscos da diabetes gestacional?

Os riscos são aumentados se a mãe da crianças não faz o tratamento adequado e não cuida da alimentação e das taxas de glicose no sangue.

Mas caso não se cuide, os riscos de complicações aumentam tanto para a mãe, quanto para o bebê.

Veja alguns riscos:

 

Para a mãe

Parto prematuro
Bebê não se posiciona corretamente para o parto
Aumento de risco de pré-eclâmpsia
Predisposição aumentada para o parto cesárea
Necessidade de laceração do períneo no parto normal

 

Para o bebê

Nascimento prematuro
Icterícia
Hipoglicemia congênita
Problemas respiratórios
Doenças cardíacas
Peso excessivo ao nascer
Diabetes tipo 2 mais tarde na vida adulta
Morte (caso a mamãe não trate a tempo)

 

Além disso, as mulheres com diabetes gestacional estão em maior risco de contraírem infecções do trato urinário e pressão alta, em comparação com mulheres grávidas sem distúrbios de açúcar no sangue.

 

Quais os sintomas?

sintomas da diabetes gestacional

sintomas da diabetes gestacional

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, não há presença de sintomas na maioria dos casos.

Mas pode ocorrer sintomas parecidos com os da Diabetes Mellitus tipo 1, e esses sintomas podem ser:

 

  • Fraqueza muscular
  • Visão turva
  • Sede excessiva
  • Ganho de peso exagerado na mãe e no bebê
  • Candidíase
  • Infecção urinária
  • Inchaço nas pernas e pés

Como é feito o diagnóstico?

Em mulheres grávidas que estão com suspeita de diabetes gestacional, são feitos exames logo no primeiro trimestre da gravidez.

 

São feitos 2 tipos de exames, um é chamado de curva glicêmica, onde a paciente ingere uma quantidade de glicose para fazer as medições da glicemia no sangue.

 

Se o nível de açúcar no sangue for superior a 150 mg / dL , já é um alerta para diabetes gestacional.  

 

O outro exame é a medição direta do açúcar no sangue em jejum. Se o nível de açúcar no sangue estiver acima de  126 mg/dl em jejum, uma segunda avaliação também deve ser feita. Apenas o resultado de uma medida adicional pode confirmar a suspeita de diabetes gestacional.

 

No caso de um resultado negativo, um outro teste de é realizado novamente entre a semana 24 e 27 da gravidez, a fim de assegurar que o quadro não se desenvolva.

Tratamento

diabetes gestacional riscos

diabetes gestacional riscos

O tratamento deve ser iniciado logo após o diagnóstico, ainda durante a gravidez, mudando o estilo de vida e alimentação.

 

As mulheres com DMG precisam ainda verificar o açúcar no sangue de quatro a cinco vezes ao dia.

 

Logo, o tratamento é feito durante a gravidez, e depois da gravidez, pois os riscos que as mulheres grávidas com quadro de diabetes gestacional desenvolvam a diabetes tipo 2 após o parto aumentam consideravelmente.

Durante a gravidez:

 

As mulheres grávidas com diabetes gestacional devem gerenciar níveis mais altos de açúcar no sangue comendo alimentos saudáveis e praticar alguma atividade física, algumas mulheres podem precisar receber medicação.

 

Existem exercícios adequados para mulheres grávidas, e essa prática ajudará o corpo a diminuir os níveis de glicose Se você tem pressão alta ou tem altos níveis de colesterol O exercício ajudará você a se manter saudável. O exercício ajuda a reduzir o estresse. fortalece os ossos, o coração, e os músculos ,melhora as articulações, e também ajuda a reduzir o risco de diabetes tipo 2 no futuro também.

 

Por favor, consulte uma equipe médica que cuida de você sobre as atividades de exercício adequadas enquanto estiver grávida.

Pós parto

Se a diabetes gestacional foi diagnosticada, a mulher deverá realizar também um exame  para identificar se os índices de glicemia no sangue diminuíram, e os cuidados com alimentação e estilo de vida devem ser continuados igual aos de uma mulher com diabetes gestacional em seu início de gravidez. Ou seja, mesmo após o nascimento do filho, a mãe deve ser reexaminada, a fim de verificar se o diabetes persiste.

Embora o quadro de diabetes gestacional seja terrível e perigosa, é possível tratar e regular a glicemia se o tratamento for seguido corretamente, porque os níveis de açúcar no sangue diminuirão gradualmente até serem curados. Você pode amamentar sem se preocupar.

 

Mas é importante não se descuidar mesmo após o parto. Fazer exames periódicos e ser acompanhada por um médico ou nutricionista é essencial para garantir a cura da diabetes.

 

Gostou do artigo? Se foi útil para você, compartilhe-o em suas redes sociais. Se tiver dúvidas, você pode entrar em contato conosco ou deixar o seu comentário.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.