Alimentação

Dieta da Proteína: Emagrecimento, Vantagens e Cardápio!

A dieta de proteína é um regime feito de cardápio com 30 a 40% vindas de proteínas. Ela procura reduzir radicalmente o ganho de carboidratos do corpo, repondo-o por gorduras e proteínas. Ademais essa dieta é acessível e adaptável.

Encontram-se indícios de que dietas com maior dimensão de proteína crescem a possibilidade do emagrecimento e decrescem a perda de massa magra no tempo do emagrecimento. A dieta da proteína baseia-se no consumo de alimentos que são boas fontes de proteína, como ovos, carnes e soja, e na dissensão de alimentos que contêm bastante carboidratos, como macarrão e pão.  

Como funciona a Dieta de Proteínas:

A ingestão de dietas hipocalóricas, funciona visando o tratamento da obesidade, resultando na ativação de mecanismos homeostáticos, que levam ao aumento da fome e à redução da taxa metabólica basal.

A dieta da proteína funciona trazendo uma eliminação de peso de duas a três vezes maior do que dietas que trabalham com a baixa ingestão de gorduras.

Veja mais sobre dietas:

Dieta de Proteínas e Suas Vantagens

Salvo o auxílio no desenvolvimento do organismo, quando ingeridas em altas quantidades, as proteínas levam ao fornecimento de energia. Além disso, as proteínas desempenham muitas outras funções

  • regulação do metabolismo
  • Atua como catalisadores naturais,
  • Age na defesa imunológica
  • Queimar gordura rapidamente
  • Ajudar a estabilizar os níveis de glicose no sangue
  • Aumenta a capacidade de concentração e aprendizado
  • Eleva os níveis de energia
  • Contribui na preservação dos músculos e ossos
  • Ajuda na absorvimento dos nutrientes

veja também:

Dieta de proteínas- Sua atuação

1. Não retém líquido

Um dos motivos do fato da dieta da proteína funcionar no emagrecimento, é que ela estimula a eliminação de líquido do corpo. Além disso, sabendo que o nosso corpo guarda os carboidratos em glicogênio, ao acolher menos quantidade do nutriente ele também terá menores quantidades de glicogênio.

2. O papel da proteína

Por conter alimentos abundantes em proteínas nessa dieta, é apontada como o principal motivo por qual a dieta da proteína funciona. Isso porque esse nutriente acelera o metabolismo, o que torna o processo de queima de gorduras mais eficiente e reduz o apetite, promovendo uma ingestão menor de calorias.

 

As proteínas ainda exercem um importante papel na construção de massa muscular. E quanto mais músculos uma pessoa tiver em seu corpo, melhor será o seu processo de queima de calorias, e isto está associado ao aumento da queima de calorias.

 

Isso foi mostrado em um estudo realizado no ano de 2010, que concluiu que esse tipo de plano alimentar traz uma queima de 250 calorias a mais do que uma dieta de baixo consumo de gorduras.

3. Eliminação de guloseimas

Outro aspecto da dieta da proteína que pode levar ao emagrecimento é o fato que ela corta guloseimas e fast food da alimentação, que geralmente causam o aumento de peso. Entre esses itens estão pizzas, batata frita, bebidas cheias de açúcar, pão branco, alimentos processados e doces.

 

  1. Diminuição do apetite

Acredita-se também que a dieta da proteína funciona porque promove a diminuição do apetite. Um dos motivos apontados é devido à alta ingestão de proteínas, como vimos acima.

 

Outra razão atribuída é que planos alimentares que seguem essa linha trazem benefícios em relação aos hormônios que regulam a fome, a leptina, que controla o apetite, e a grelina, que é responsável por estimular a sensação de fome.

5. O papel da insulina

Como já explicamos aqui, consumir poucas quantidades de carboidratos resulta na diminuição dos níveis da insulina. Um dos papéis desse hormônio no organismo é enviar mensagens às células de gordura, dizendo que elas devem produzir e armazenar gorduras.

 

Ou seja, ela estimula a produção e inibe a queima de gorduras. É por isso que especialistas em dietas de baixo consumo de carboidratos acreditam que os baixos níveis de insulina são uns dos responsáveis pelo emagrecimento.

Malefícios da Dieta de proteínas para emagrecer

Existem algumas desvantagens na dieta da proteína que devem ser levadas em consideração antes de começar.

  • Falta de glicose

A dieta da proteína, que na maioria das versões corta por completo o carboidrato, possui a desvantagem de não adicionar glicose ao sangue. Sem glicose, acontece a tontura, desânimo e perda de memória.

  • Prisão de ventre

Por conta da redução de fibras na dieta, constipação pode ser um problema.

  • Rins

Já que são eles que processam as moléculas que se originam da digestão da proteína, então a dieta não é recomendada para pessoas com problemas renais.

  • Diabetes

A dieta da proteína não é recomendada para pessoas que possuem diabetes.

  • Hipertensão

Esta dieta aumenta a concentração de colesterol no corpo, portanto, pessoas hipertensas podem ter problemas ao fazê-la e devem evitá-la.

  • Efeito sanfona

Outra parte importante é que, sem acompanhamento de um nutricionista, a dieta não costuma ajudar na reeducação alimentar. Não adianta nada emagrecer e então voltar a comer como antes, já que isso só vai fazer com que o peso volte.

Cardápio da Dieta de proteínas

Existem vários pratos que podem ser inseridos na dieta da proteína. Veja um cardápio para quem deseja seguir essa dieta:

Segunda-feira:

  • Café da manhã: Composto por leite desnatado com abacate
  • Almoço: peixe cozido com espinafre
  • Jantar: salada de atum com aipo, pepino, alface e queijo.

Terça-feira:

  • Café da manhã: iogurte desnatado e queijo
  • Almoço: frango grelhado acompanhado de salada de pepino, alface e tomate.
  • Jantar: salmão grelhado acompanha a salada de cenoura, brócolis e tomate.

 

Quarta-feira:

  • Café da manhã: leite desnatado e um ovo cozido
  • Almoço: omelete com queijo e presunto, juntamente com uma salada de rúcula.
  • Jantar: bife de peru com rúcula, limão e abacate.

 

Quinta-feira:

  • Café da manhã: vitamina de abacate com leite desnatado
  • Almoço: atum fresco e grelhado com acelga.
  • Jantar: frango cozido com espinafre e aipo.

 

Sexta-feira:

  • Café da manhã: iogurte desnatado acompanhado de queijo
  • Almoço: Peito de frango desfiado com salada de rabanete.
  • Jantar: omelete com espinafre e refogado.

 

Sábado:

  • Café da manhã:  leite desnatado 2 dois rolos de presunto e queijo.
  • Almoço: Salada de rúcula, alface e pepino, acompanhada de abacate e queijo ralado.
  • Jantar: bife grelhado e sopa de aipo.

 

Domingo:

  • Café da manhã: iogurte desnatado e ovo cozido com queijo
  • Almoço: bife grelhado com chicória salteada.
  • Jantar: Ovo cozido com agrião a vapor

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais, e caso queira começar a Dieta da Proteína, consulte o nutricionista e converse sobre esse método, ele irá avaliar se é ideal para o seu caso e orientar em todo o processo.

Você também pode ficar por dentro de muitas dicas e conteúdos sobre saúde, dieta, suplementos, emagrecimento e bem-estar, é só dar uma olhada nos outros artigos pelo blog. Se ainda tiver dúvidas, entre em contato e deixe sua mensagem, será um prazer te ajudar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.