Reviews

Furosemida Para que Serve: Emagrece ou Não?

Furosemida é um medicamento indicado para tratar pressão alta e edemas causados por distúrbios do coração, fígado e rins. Ou seja, ele tem efeito anti-hipertensivo e diurético, e por ter esse efeito de remoção do excesso de líquido das células do corpo, as pessoas procuram esse medicamento para ajudar no emagrecimento, sendo portanto, uma maneira de reduzir rapidamente o volume corporal. Mas, será mesmo que ajuda no emagrecimento? Continue lendo o artigo para saber mais!

Furosemida

O que é a furosemida?

A furosemida é um medicamento diurético e anti-hipertensivo  que remove sódio, cloro, potássio, magnésio e cálcio do organismo. A composição dos comprimidos, além do componente principal, inclui componentes adicionais: celulose, amido de milho, magnésio e outros componentes auxiliares. O medicamento é prescrito pelos médicos para doenças como insuficiência renal, doenças do fígado, congestionamento do sistema circulatório, asma, pressão alta, toxicoses tardias em mulheres grávidas, pré-eclâmpsia e eclâmpsia.

Furosemida emagrece?

Como já foi mencionado, a furosemida tem uma forte ação diurética, eliminando todo excesso de líquido do corpo, ele não tem ação direta para o emagrecimento, mas como elimina o inchaço, realmente ele faz perder “peso” quando este se refere ao acúmulo de líquidos.

Já no primeiro dia de furosemida, é possível notar uma perda de peso corporal, afinal, o corpo é constituído de 70% de água, e quando há uma eliminação de parte dessa água, a massa corporal também diminui, porém, sempre em questão de líquidos, pois a furosemida age de forma bastante rápida, depois de apenas vinte minutos, o corpo começa o processo de remover o excesso de água, e depois de algumas horas, o corpo se livra da quantidade máxima de fluído, dando essa sensação de leveza e emagrecimento.

Mas, é importante destacar  que, tomar Furosemida para perda de peso por mais de um dia não é recomendado, porque os diuréticos levam a uma perda perceptível de nutrientes pelo corpo humano. Diante disso, podemos afirmar que a Furosemida não elimina gorduras, e portanto, não é um remédio indicado para tomar como um tratamento prolongado para perder peso, além disso, os efeitos podem ser bastante prejudiciais à saúde.

Principais recomendações antes de tomar Furosemida

  • Esta droga não é uma pílula que pode ser tomada todos os dias. Deve ser tomado apenas em casos extremos. É indicado tomar  o medicamento se você precisar se livrar daquele inchaço antes de um evento importante. Mas perder peso regularmente, todos os dias, não é indicado e pode trazer danos gravíssimos.
  • Antes de tomá-lo, você deve consultar seu médico, é absolutamente prejudicial para pessoas que sofrem de alguma doença crônica,
  • É importante cumprir a dosagem do medicamento. A furosemida é tomada 1 comprimido por dia, apenas em alguns casos onde é permitido aumentar a dose para 2-3 comprimidos por dia.
  • Ao tomar Furosemida, é preciso incluir na dieta vitaminas contendo potássio,. Afinal, a furosemida elimina e o excesso de água juntamente com vitaminas e nutrientes importantes para o funcionamento do corpo,incluindo o potássio que tem funções no sistema cardíaco.

Contra-indicações

As contra-indicações para tomar Furosemida são:

  • diabetes mellitus do primeiro e segundo tipo;
  • intolerância aos componentes do medicamento;
  • obstrução do trato urinário;
  • insuficiência renal;
  • gota;
  • pancreatite;
  • hipotensão;
  • anúria;
  • Gravidez;
  • glomerulonefrite;
  • pressão venosa acima de 10 mm Hg;
  • crianças até 3 anos;
  • período de amamentação. A furosemida pode ter um efeito supressor na lactação.

Além disso, a droga deve ser tomada com cautela para quem sofre das seguintes doenças:

  • hipotensão;
  • síndrome hepatorrenal;
  • hiperuricemia;
  • risco de isquemia;
  • aterosclerose;
  • hiperplasia prostática;
  • transpiração excessiva;
  • diarréia;
  • desidratação.

Quais os efeitos colaterais?

Como a furosemida remove nutrientes do corpo através do líquido, seus principais efeitos colaterais estão associados à falta de certas substâncias nas células. Com base nisso, os seguintes sintomas podem ocorrer:

  • fraqueza;
  • sonolência;
  • dores de cabeça;
  • apatia;
  • náusea;
  • diarréia;
  • constipação;
  • retenção urinária;
  • vômito.

Além disso, o abuso de furosemida pode levar à exacerbação de doenças como:

  • pancreatite;
  • colecistite;
  • taquicardia;
  • arritmia;
  • hipotensão;
  • leucopenia, etc.

Lembre-se que em nenhum caso, este medicamento pode ser utilizado por pacientes com anorexia, pois isso só irá agravar a doença.

Furosemida

Interação medicamentosa:

O uso simultâneo de qualquer droga com furosemida pode provocar reações indesejadas no corpo. Isso se deve ao fato de as pílulas diuréticas alterarem a farmacodinâmica de outras drogas, ou seja, elas começam a interagir incorretamente com as células do corpo.

Não se recomenda estritamente combinar furosemida com cefalosporinas, gentamicina, bem como outros agentes que tenham efeito nefrotóxico e antibiótico. Também é proibida a interação simultânea de furosemida com bebidas alcoólicas, pode trazer efeitos nocivos para o fígado.

Veja Também:

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais. E caso queira fazer o uso de Furosemida, consulte o médico e nutricionista e converse sobre este medicamento, ele irá avaliar se é ideal para o seu caso e orientar em todo o processo de consumo.

Você também pode ficar por dentro de muitas dicas e conteúdos sobre saúde, dieta, suplementos, emagrecimento e bem-estar, é só dar uma olhada nos outros artigos pelo blog. Se ainda tiver dúvidas, entre em contato e deixe sua mensagem, será um prazer te ajudar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.