Bem-Estar

A Importância dos Exercícios para os Idosos

Com a idade, os idosos praticam menos exercícios e são mais sedentários. Mas a idade não pode ser nunca uma desculpa para não fazer uma atividade física!

Os exercícios na terceira idade ajudam na prevenção de uma série de doenças, melhorando a qualidade de vida e promovendo o bem-estar.

A boa notícia é que os idosos têm hoje diversos exercícios adequados à sua idade e condição física.

Você vai ver nesse artigo todos os benefícios de exercícios para os idosos e se você for um deles, com certeza vai começar hoje mesmo.

 

O que são exercícios ou atividades físicas?

Uma atividade física é um termo relacionado a todo movimento muscular que leva a um gasto de energia.

Ela é medida em relação à frequência, duração e tipo de exercício.

Ao estimular o corpo e a mente, os exercícios físicos melhoram a resistência, a condição dos músculos, articulações e ossos, reduzindo o risco de doenças, depressão e o declínio cognitivo em idosos.

Antes de passarmos para os benefícios dos exercícios físicos para os idosos, não sei qual é a sua situação hoje, mas saiba que o Governo lançou um aplicativo, chamado de Empregador Web, para auxiliar em todas as questões de seguro desemprego. Mesmo se não for o seu caso, repasse essa informação para seus amigos e familiares.

 

O que acontece com os idosos

O envelhecimento se traduz por uma diminuição progressiva de massa muscular (o processo se acelera a partir dos 65 anos) e com isso, os idosos perdem a força.

Isso pode ser percebido pela dificuldade em executar determinadas tarefas, como subir escadas ou carregar sacolas mais pesadas, pois esses movimentos necessitam de esforços mais intensos, fazendo com que os idosos fiquem cansados mais rapidamente.

A terceira idade vem acompanhada também de uma menor elasticidade dos músculos, e dependendo do caso, o idoso pode encontrar muita dificuldade em se vestir ou de abaixar.

Além disso, à medida que envelhecemos, o nosso sistema imunológico fica mais fraco, diminuindo nossa capacidade de defesa.

Vários estudos já mostraram que a prática regular de uma atividade física de intensidade moderada tem um efeito positivo em todas essas questões, e melhor, os benefícios podem ser observados até uma idade mais avançada.

 

Conheça os benefícios dos exercícios para os idosos

Já está mais do que comprovado que, uma atividade física regular tem mais impacto sobre a saúde que qualquer outro tratamento médico.

Os exercícios, mesmo leves, podem gerar os seguintes benefícios:

  • Sistema imunológico mais fortalecido;
  • Prevenção de doenças cardiovasculares;
  • Reduz o risco de diabetes;
  • Diminui as quedas;
  • Melhora o humor, reduzindo o risco de depressão;
  • Uma melhor qualidade do sono;
  • Reduz o colesterol ruim e aumenta o colesterol bom;
  • Diminui a pressão arterial.

Esses são apenas alguns benefícios, mas as atividades físicas regulares em idosos promovem um bem-estar psicológico e uma melhor saúde mental.

Isso tudo faz com que a pessoa sinta mais vontade de estar sempre praticando algum exercício.

 

Qual a importância dos exercícios para os idosos

Na verdade, basta olhar para todos os benefícios listados acima que já fica fácil ter uma ideia da importância de uma atividade física na terceira idade.

Infelizmente, nem todos os idosos têm acesso a exercícios, até por conta de alguma questão financeira. E se a sua situação ainda não está regularizada, saiba que existe um canal – Conectividade Social – que agiliza o processo de aposentaria, enviando todas as informações do FGTS à Previdência Social.

Mas focando na importância dos exercícios para os idosos, tenha em mente que graças a uma melhor forma física, a autonomia dos idosos é reforçada de uma forma significativa.

Como a população está envelhecendo, a maioria dos médicos recomenda uma atividade física até mesmo como uma terapia, auxiliando em qualquer tratamento que o idoso possa estar fazendo.

 

Quais as atividades físicas indicadas para os idosos

Em primeiro lugar, é preciso passar por uma avaliação médica para definir qual tipo de exercício é mais adequado para cada pessoa.

Por exemplo, exercícios aeróbicos e a caminhada trabalham a resistência e melhoram a circulação sanguínea. Para fortalecer os músculos, é indicado a musculação, pesos, elásticos, etc.

Muitos idosos têm recorrido ao Yoga e Tai Chi para auxiliar no equilíbrio e respiração.

Agora, o idoso também pode se exercitar no seu dia a dia, como preferir subir escadas em vez de usar o elevador, dançar, nadar, cuidar do jardim ou mesmo fazer tarefas domésticas.

O importante aqui é que fique o mais ativo possível, de forma a gastar energia, fortalecer seus músculos e seu sistema cardiorrespiratório.

Basta de 15 a 20 minutos por dia para prevenir diversas doenças e evitar a morte prematura.

 

Depois de tudo o que você acabou de ver aqui, se ainda não pratica nenhum tipo de exercício, deveria começar.

Converse com seu médico e veja quais são as melhores opções para o seu caso. O mais importante é permanecer ativo o máximo de tempo possível.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.