Uncategorized

Matcha: Como Preparar, Cápsulas e Benefícios

Rate this post

O Matcha é um tipo de chá verde emagrecedor, e sua origem é japonesa.

Mas ele não só é eficiente para ajudar no processo de emagrecimento. Ele também fornece uma quantidade incrível de benefícios para a saúde.

Além de reduzir o LDL, o Matcha ajuda a prevenir muitas formas de câncer. Ele também funciona como uma espécie de energético natural, já que fornece energia para o organismo praticar atividades físicas ao longo do dia.

Confira abaixo os benefícios do Matcha, como preparar o chá e como consumir!

Benefícios do Matcha

matcha

Muitas pesquisas já confirmaram que o Matcha funciona muito bem como emagrecedor. Estudos sugerem que o chá verde possa aumentar em quase 20% a taxa queima de gordura.

Com isso, o metabolismo é acelerado, e fica queimando o excesso de gordura ao longo do dia, mesmo quando a pessoa não está praticando nenhuma atividade física.

Além disso, é uma bebida com quase nada de calorias. Para que você possa ter uma referência, um copo de achocolatado possui 140 calorias. E isso mesmo quando o leite é desnatado. Se o leite for integral, esse número aumenta!

Já o Matcha possui apenas 3 calorias! Isso pela mesma quantidade de bebida. Por isso, é uma excelente forma de saciar a pessoa e ao mesmo tempo permitir que ela emagreça de forma natural.

Outro efeito benéfico do Matcha é a sua característica diurética. O chá tem a propriedade de eliminar o excesso de líquido no organismo.

Isso não só causa uma sensação desagradável de inchaço, como também retém toxinas no corpo.

Quando os alimentos diuréticos agem, fazem essas toxinas e esse excesso de líquido ser ejetado do corpo. Assim, a pessoa acaba perdendo peso.

Para manter esse efeito, é importante não exagerar no sódio na hora de comer. O sal retém todo o líquido que os alimentos diuréticos eliminam do corpo.

O Matcha possui uma substância chamada epigalocatequina, substância essa encontrada em vários tipos de chá verde.

Ela é extremamente saudável para o corpo, e seus dois principais benefícios são o bloqueio de vírus e a sensação de saciedade.

Essa substância promove uma sensação de saciedade porque libera um hormônio que diz para o cérebro que o corpo já consumiu o suficiente.

Já o bloqueio de vírus se dá através da mudança da conformação das células, que ajudam a bloquear a ação de alguns tipos de vírus muito perigosos ao ser humano.

Outro benefício muito interessante do Matcha é a sua quantidade acima da média de L-teanina, um aminoácido que regula algumas funções do cérebro causando uma sensação maior de relaxamento, alívio, ou até mesmo de aliviando a pessoa do estresse.

Não é à toa que quando as pessoas estão estressadas, recebem como sugestão tomar um chá. Não se trata de um mito. Eles realmente ajudam a aliviar o estresse por conta desse aminoácido.

Como Preparar e Como Tomar? Qualquer Um Pode Consumir?

matcha

Preparar o Matcha é muito simples. Você encontrará o chá em muitas lojas de produtos naturais.

Basta acrescentar de uma a duas colheres de sopa cheias do pó em água fervente. Você pode fazer isso durante o processo de ferveção, mas isso pode eliminar algumas propriedades naturais do chá.

O ideal é que você procure pelo pó orgânico. Porque ao mesmo tempo em que é saudável consumir o Matcha, você pode estar prejudicando o seu organismo comprando a versão não orgânica, visto que a quantidade de veneno e pesticidas é muito grande.

Existe também uma versão do Matcha em cápsulas. No entanto, essa versão leva em sua composição alguns ingredientes artificiais que tentam suprir a perda durante a produção das cápsulas. Isso não acontece com o Matcha em pó, por exemplo.

Portanto, se você quer consumir o Matcha, poderá tomar em pó ou comprar o frasco com 120 cápsulas. Mas a recomendação é que você confira antes todos os ingredientes presentes nas cápsulas e só use o produto se estiver de acordo com os ingredientes ali presentes.

O Matcha possui uma série de benefícios para a saúde. No entanto, não é recomendado exagerar no seu consumo.

Qualquer pessoa pode consumir o chá, mas não é bom exagerar. O ideal é que a pessoa consuma no máximo de 4 a 5 xícaras por dia, o que já é uma quantidade relativamente alta.

Mesmo quando natural, uma substância pode causar efeitos contrários se consumido em exagero.

O uso excessivo do Matcha pode causar dificuldades para dormir, enxaquecas, alterações constantes e repentinas de humor, disenteria e até alguns problemas estomacais.

Salvo exceção para gestantes e lactantes, que só devem usar o Matcha se um médico recomendar. Se não for o caso, o ideal é evitar. Antes de consumir o Matcha, confira os ingredientes e tenha certeza de que você não possui alergia a qualquer um deles. Se qualquer um dos sintomas acima persistir, interrompa o uso do chá e procure o seu médico.

Gostaria de conhecer outras formas de emagrecer? Acesse aqui mais informações sobre o Morosil!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.