Reviews

Nomes de Remédios para Ejaculação Precoce: Veja os Principais!

Problemas sexuais, como a ejaculação precoce, são relativamente comuns. A ejaculação precoce acontece quando o homem atinge o clímax antes que ele ou sua parceria sexual deseje durante o sexo. Os homens que lidam com a ejaculação precoce tendem ao orgasmo dentro de um minuto antes da penetração vaginal, e são geralmente incapazes de retardar a ejaculação.

A condição afeta até 1 de cada 3 homens e pode levar à frustração e ansiedade. Alguns homens com ejaculação precoce podem evitar o sexo como resultado. Mas existem tratamentos que podem ajudar, confira alguns deles.

ejaculação precoce

O que causa a Ejaculação Precoce?

Embora não exista uma definição universal, a ejaculação é geralmente considerada prematura se ocorrer dentro de 2 minutos após a relação sexual ou se o homem não conseguir controlar a ejaculação.

A ejaculação precoce pode ser causada por:

  • Estresse e depressão são causas comuns de ejaculação precoce adquirida, assim como problemas de relacionamento, conflitos e ansiedade relacionada ao desempenho.
  • Também pode ser causada por hipersensibilidade da pele do pênis (nesse caso, cremes anestesiantes podem ajudar).
  • Causas físicas da ejaculação precoce incluem: condições como diabetes, pressão alta, problemas de tireóide e doenças da próstata, bem como consumo excessivo de álcool.
  • Algumas doenças graves, como a esclerose múltipla, podem causar ejaculação precoce, pois podem resultar em danos aos nervos.

ejaculação precoce

Sintomas:

A ejaculação precoce primária ou vitalícia, é definida pela presença das três características a seguir:

  • A ejaculação sempre ou quase sempre acontece antes que a penetração sexual seja alcançada, ou dentro de um minuto de penetração.
  • Existe uma incapacidade para retardar a ejaculação a cada vez, ou quase todas as vezes, a penetração ocorre.
  • Consequências pessoais negativas surgem, tais como angústia e frustração, ou evitar a intimidade sexual.

Os sintomas psicológicos são secundários aos eventos ejaculatórios físicos. O homem, seu parceiro ou ambos podem experimentá-los. Sintomas secundários incluem:

  • diminuição da confiança no relacionamento
  • dificuldade interpessoal
  • distúrbio mental
  • ansiedade
  • embaraço
  • depressão

ejaculação precoce

Tratamentos para Ejaculação Precoce- Melhores Remédios

Opções comuns de tratamento para a ejaculação precoce incluem técnicas comportamentais, anestésicos tópicos, medicamentos e aconselhamento. Tenha em mente que pode levar algum tempo para encontrar o tratamento ou a combinação de tratamentos que funcionarão para você. O tratamento comportamental mais a terapia medicamentosa pode ser o caminho mais eficaz. Não há medicamentos especificamente aprovados para tratá-lo. Mas às vezes os médicos descobrem que os medicamentos usados ​​para tratar outras coisas podem ajudar, e esses incluem:

Anestésicos tópicos

Cremes anestésicos e sprays que contêm um agente entorpecente, como benzocaína, lidocaína ou prilocaína, às vezes são usados ​​para tratar a ejaculação precoce. Estes produtos são aplicados ao pénis 10 a 15 minutos antes do sexo para reduzir a sensação e ajudar a retardar a ejaculação.

*Embora os agentes anestésicos tópicos sejam eficazes e bem tolerados, eles têm efeitos colaterais potenciais. Por exemplo, alguns homens relatam perda temporária de sensibilidade e diminuição do prazer sexual. Às vezes, as parceiras também relataram esses efeitos.

Medicamentos orais

Muitos medicamentos podem atrasar o orgasmo. Embora nenhuma dessas drogas sejam especificamente para tratar a ejaculação precoce, algumas são usadas para esse fim, incluindo antidepressivos, analgésicos e inibidores da fosfodiesterase-5. Esses medicamentos podem ser prescritos para uso diário ou sob demanda e podem ser prescritos isoladamente ou em combinação com outros tratamentos.

Antidepressivos:

Um efeito colateral de certos antidepressivos é o orgasmo retardado. Por esta razão, os inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRSs), como escitalopram (Lexapro), sertralina (Zoloft), paroxetina (Paxil) ou fluoxetina (Prozac, Sarafem), são usados ​​para ajudar a retardar a ejaculação. A paroxetina parece ser a mais eficaz. Esses medicamentos geralmente levam de cinco a dez dias para começar a funcionar. Mas pode levar de duas a três semanas de tratamento antes que você veja o efeito completo.

*Se os ISRSs não melhorarem o tempo de sua ejaculação, seu médico poderá prescrever o antidepressivo tricíclico clomipramina (Anafranil). Os efeitos colaterais indesejados dos antidepressivos podem incluir náusea, transpiração, sonolência e diminuição da libido.

Analgésicos:

Tramadol (Ultram) é um medicamento comumente usado para tratar a dor. Também tem efeitos colaterais que atrasam a ejaculação. Os efeitos colaterais indesejados podem incluir náusea, dor de cabeça, sonolência e tontura.

Pode ser prescrito quando os ISRSs não forem eficazes. O tramadol não pode ser usado em combinação com um ISRS. 

Inibidores da fosfodiesterase-5.

Alguns medicamentos usados ​​para tratar a disfunção erétil, como o sildenafil (Viagra, Revatio), o tadalafil (Cialis, Adcirca) ou o vardenafil (Levitra, Staxyn), também podem ajudar na ejaculação precoce. Os efeitos colaterais indesejados podem incluir dor de cabeça, rubor facial e indigestão. Esses medicamentos podem ser mais eficazes quando usados ​​em combinação com um ISRS.

Potencial futuro tratamento

Pesquisas sugerem que várias drogas podem ser úteis no tratamento da ejaculação precoce, mas são necessários mais estudos. Essas drogas incluem:

  • Dapoxetina Este é um SSRI que é frequentemente usado como o primeiro tratamento para a ejaculação precoce em outros países. Atualmente, está em testes clínicos nos Estados Unidos.
  • Modafinil (Provigil). Este é um tratamento para a narcolepsia do distúrbio do sono.
  • Silodosina (Rapaflo). Esta droga é normalmente um tratamento para o aumento da próstata (hiperplasia benigna da próstata).

*Em alguns casos, seu médico pode sugerir que você procure um urologista ou um profissional de saúde mental especializado em disfunção sexual. Para entender seu problema, seu médico precisará discutir sua história sexual com você. Seja franco e aberto. Quanto mais o seu médico souber, melhor ele poderá ajudá-lo. Seu médico pode examinar sua próstata ou fazer testes neurológicos (testes do seu sistema nervoso) para determinar se há um problema físico que pode estar causando a ejaculação precoce.

veja também:

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais. E caso queira fazer o uso dos remédios para o tratamento da ejaculação precoce, consulte o médico e converse sobre estes medicamentos, ele irá avaliar se é ideal para o seu caso e orientar em todo o processo de consumo.

Você também pode ficar por dentro de muitas dicas e conteúdos sobre saúde, dieta, suplementos, emagrecimento e bem-estar, é só dar uma olhada nos outros artigos pelo blog. Se ainda tiver dúvidas, entre em contato e deixe sua mensagem, será um prazer te ajudar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.