Reviews

Saxenda Emagrece? Bula, Composição e Como Tomar!

A Saxenda é um medicamento utilizado para o emagrecimento de pessoas com obesidade ou sobrepeso, e atua diminuindo a fome de forma bastante eficaz, pois conta em sua composição a liraglutida, uma substância que atua nas funções do cérebro responsáveis pelo apetite, reduzindo a fome de maneira comportamental e gerando resultados.

Algumas pessoas estão começando a tomar o Low Master no lugar da Saxenda para ter resultados mais rápidos e duradouros sem efeitos colaterais.

saxenda

A liraglutida é um medicamento que foi desenvolvido para tratar a diabetes tipo 2, e a descoberta de que essa substância ajuda a emagrecer foi dada através da observação de pacientes que eram tratados com essa substância durante o tratamento com liraglutida, pois eles perdiam peso durante o uso; E depois de vários estudos, foi comprovado que emagrecer era um dos efeitos colaterais do uso de liraglutida.  

Vale lembrar que aqui no blog já falamos sobre a Victoza, que é um medicamento similar à Saxenda.

Saiba adiante como a saxenda age no organismo, bem como as indicações, contraindicações, como tomar e os efeitos colaterais.

Saxenda emagrece mesmo? Como isso ocorre?

A saxenda emagrece de maneira altamente eficaz, Isso ocorre porque a liraglutida possui o ativo que pertence ao grupo dos “agonistas do receptor GLP-1” que faz as células responsáveis pelo apetite a “não sentirem tanta fome”. Ou seja, a saxenda regula o apetite, fazendo com que haja uma diminuição da ingestão de alimentos, diminuindo o peso corporal.

Benefícios da saxenda:

  • Reduz o apetite;
  • Aumenta o metabolismo;
  • Ajuda a reduzir a resistência à insulina

Saxenda ou Low Master?

O Low Master é mais recomendado do que a Saxenda para emagrecer. Isso porque ele possui fibras naturais que não causam nenhum tipo de efeito colateral.

Os resultados do Low Master também são melhores, isso porque centenas de mulheres já conseguiram emagrecer tomando esse novo remédio emagrecedor.

Conseguimos um desconto ESPECIAL para você leitor(a) do blog! Clique no link abaixo e saiba tudo sobre o novo Emagrecedor Low Master:

>>> Quero Emagrecer com o Low! <<<

Para quem é indicado?

A saxenda é indicado para quem tem quadros de obesidade, veja alguns valores de referência de índice de massa Corporal de quem pode tomar Saxenda:

  • Adultos com  IMC de 27 Kg/m2 ou mais (sobrepeso);

 

  • Adultos com IMC de 30 Kg/m2 ou mais (obeso – muito acima do peso) ;

 

  • Adultos com problemas de saúde relacionados ao peso como diabetes, pressão arterial elevada, ou níveis anormais de gorduras no sangue.

 

O IMC (Índice de Massa Corporal) é um cálculo simples para avaliar o peso de um indivíduo em relação à sua altura, não podendo ultrapassar os valores indicados; Esse método serve tanto para detectar casos de obesidade como de desnutrição.

É importante ressaltar que, a saxenda só pode ser prescrita por um médico ou nutricionista, nunca se automedique, pode ser muito perigoso, pois nem todos podem fazer o uso de certos tipos de medicamentos, e só um profissional poderá avaliar cada caso.

Como utilizar?

saxenda para emagrecer

A saxenda é injetável, e vem em uma caneta para a aplicação. Ao comprar A Saxenda, vem acompanhado da bula, e nela explica claramente como é a aplicação, e se não tiver, exija a bula.

 

  • Remova a tampa, coloque uma nova agulha, e gire até que esteja bem apertada;

 

  • Remova a tampa externa e interna da agulha, e em seguida, verifique o fluxo.

 

  • Depois vire o seletor de doses e aplique sobre a pele da região abdominal, ou na parte superior da perna, lembrando que não pode ser injetado na veia nem em músculos.

 

  • Aguarde por seis segundos completos, a fim de certificar-se que toda a dose seja injetada.

 

  • Ao terminar a aplicação, é preciso remover a agulha e fazer o descarte correto em um recipiente próprio para objetos cortantes.  

 

Na bula também vem a recomendação da dose diária, um total de 3 mg por dia em qualquer horário.

 

Porém, essa dose não é recomendada para o início de tratamento, é preciso a avaliação de um médico ou nutricionista, geralmente a dose inicial é de 0,06 mg diários, aumentando semanalmente até chegar a dose de 3 mg por dia.

 

Contraindicações

A saxenda é contraindicado para:

 

  • Crianças, Gestantes e lactantes;
  • Pessoas alérgicas a liraglutida;
  • Pessoas com problemas da vesícula biliar;
  • Pessoas com problemas de insuficiência cardíaca;
  • Pessoas com tendências ao suicídio;
  • Pessoas que sofrem com pancreatite aguda;
  • Pessoas que fazem uso de insulina ou victoza;

 

Por isso a importância de nunca se automedicar, esse hábito pode trazer consequências graves à saúde. Pois só o médico ou nutricionista poderá avaliar o quadro clínico do paciente, a fim de certificar que pode fazer o tratamento com o uso de saxenda.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais pelo uso de saxenda incluem náuseas, constipação, diarréia, vômitos, baixo nível de açúcar no sangue, dores de cabeça, falta de apetite, cansaço excessivo, tonturas, dor de estômago e alterações na lipase. A náusea é o efeito colateral mais comum ao iniciar o tratamento com saxenda, diminuindo com o tempo à medida que o corpo de acostuma com o remédio.

 

Efeitos colaterais mais graves podem ocorrer pelo uso de saxenda, e  incluem:

 

  • Problemas na tireóide
  • Problemas no trato gastrointestinal
  • Complicações na vesícula biliar
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Reações alérgicas
  • Alterações mentais (pensamentos suicidas, alteração no humor…)

Conclusão

O uso de saxenda para tratar e auxiliar no processo de emagrecimento é eficaz e traz resultados significativos.

Porém, a saxenda é um medicamento, e todo medicamento exige cuidados e acompanhamento médico, portanto, não faça o uso de saxenda sem a prescrição de um profissional. É preciso analisar o quadro de saúde de cada paciente através de exames, a fim de verificar se realmente o uso de saxenda é recomendado para seu caso, e se trará resultados e benefícios, por isso a medicação de saxenda só pode ser prescrita por um médico.

Além disso, é preciso avaliar o IMC do paciente, fazer mudanças no estilo de vida e  alimentação, com uma dieta específica para cada caso, através de acompanhamento com nutricionista, pois o uso isolado de saxenda não trará resultados significativos e nem melhoria na saúde.

Consulte seu médico e nutricionista e converse sobre o uso de saxenda.

 

Se você gostou do artigo, compartilhe em suas redes sociais ou deixe um comentário aqui embaixo! Você ainda pode ler os outros artigos e ficar por dentro de todos os assuntos de dietas, emagrecimento, saúde e bem-estar.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.