Parabéns! Você ganhou uma Amostra Grátis de Low Master o Emagrecedor das Famosas! Cadastre seu melhor e-mail para Receber:

Alimentação

Dieta Nórdica: Vale a Pena Fazer?

Rate this post

Você já ouviu falar sobre a dieta nórdica? Tem curiosidade a respeito dela? Será que vale mesmo a pena se arriscar nessa dieta em busca de um corpo mais em forma?

Se você tem todas essas dúvidas pode ficar tranquila, nós iremos responder seus questionamentos e você irá saber tudo que precisa para que possa fazer a dieta nórdica e ter os resultados que tanto deseja.

Para saciar a sua curiosidade, continue lendo!

dieta nordica

Outras dietas do Blog:

O Que é a Dieta Nórdica?

Como o próprio nome da dieta já sugere, esse método alimentar é inspirado na alimentação comum em países nórdicos, como a Finlândia e Dinamarca.

Por este motivo, essa alimentação também é conhecida como a Dieta Viking. Por ser uma alimentação saudável, ela é responsável pela melhora do quadro geral de saúde, podendo inclusive ser aliada de quem luta contra a diabetes tipo 2 e problemas de pressão arterial elevada.

Como Funciona?

Quando comparamos com uma alimentação tradicional ocidental, essa dieta oferece menos açúcar e menos gordura no cardápio diário, além de quase dobrar o consumo de fibras e aumentar também o consumo de peixes.

Se a sua dúvida se refere ao peso que você será capaz de perder se alimentando com base na dieta nórdica, saiba que esta não é uma dieta que elimina grandes quantidades de peso em pouco tempo.

No entanto, a dieta nórdica é uma forma de se alimentar que pode passar a ser seu estilo de vida, ou seja, você não precisa pensar no dia em que essa dieta irá acabar, o que é extremamente positivo se você é uma pessoa que costuma sofrer com o efeito sanfona.

Ao adotar a dieta nórdica como a sua forma de se alimentar na sua rotina, você poderá se manter perdendo peso por vários meses e conseguir manter esse emagrecimento de forma saudável comendo tudo que você gosta e é permitido nessa dieta.

O Que Comer na Dieta Nórdica?

nordica

Para que você tenha certeza que de fato essa é a melhor forma de se alimentar para as suas necessidades diárias e que você poderá comer assim como uma rotina, confira a lista de alimentos permitidos:

  • Frutas e vegetais

Maçã, mirtilo, pera, ameixa seca, espinafre, repolho, cebola, brócolis, couve, cenoura, alho-poró, nabo e beterraba são liberados na dieta nórdica.

  • Carnes

Porco, cordeiro, linguiça, frango, peru e bife são as carnes permitidas.

  • Laticínios

Leite fermentado, leite com baixo teor de gorduras e queijos estão liberados;

  • Peixes

Salmão, arenque e peixes brancos são os que poderão ser consumidos na dieta nórdica.

  • Cereais

Mingau de aveia, pão de centeio integral, farelo de aveia, sementes de linhaça, flocos de cevada, aveia e sementes de girassol.

  • Molhos e ervas

Mostarda, salsinha, sal com baixo teor de sódio, café, chás, suco natural de frutas, vinagrete, pimenta e molho de soja estão liberados.

  • Amêndoas
  • Batatas cozidas
  • Ovos cozidos

Nessa dieta o indicado é que frutas, legumes, peixes, frutos do mar, laticínios com baixo teor de gordura e grãos integrais sejam consumidos com mais frequência.

Já as carnes de caça, ovos de galinha e carnes vermelhas sejam comidos com mais raridade porque são alimentos mais gordurosos.

Entre os itens que não devem ser consumidos nesse programa alimentar estão as bebidas adocicadas como refrigerantes, alimentos que tenham açúcar adicionado, carnes processadas, aditivos alimentares ou fast-foods.

Benefícios da Dieta Nórdica

Por ser uma dieta com bastante opção de alimentos que podem fazer parte das suas refeições, você conseguirá fazer uma alimentação bastante diversificada e saborosa, diminuindo a dificuldade que você sente em seguir uma dieta.

Além disso, por ser uma dieta com teor de gordura baixo e também com redução do consumo de açúcares a alimentação ao estilo nórdico é muito mais saudável para que você possa evitar problemas metabólicos, obesidade e doenças como diabetes e hipertensão.

E mesmo as pessoas que já apresentam esses quadros podem se beneficiar de uma melhora da condição de saúde a partir de uma alimentação mais equilibrada e saudável.

No entanto, quem é diabético tipo 2 ou hipertenso deve preferir iniciar uma nova forma de se alimentar com o acompanhamento de um nutricionista para que a alimentação possa trazer apenas benefícios e nenhum malefício.

Alguns estudos inclusive já comprovam a eficácia da dieta nórdica para a perda de peso, um grupo de pessoas foi acompanhado por 6 semanas e conseguiu perder 4% do seu peso corporal nesse período fazendo a dieta nórdica.

Além disso, os estudos também foram conclusivos em alegar que essa alimentação é capaz de ajudar a reduzir a pressão arterial e até mesmo as taxas de triglicerídeos.

Agora que você já sabe que essa dieta funciona e que ela pode ser levada como um estilo de vida, que tal tentar? Você irá conseguir perder peso e ainda terá melhoras significativas na sua saúde.

Dessa forma, você poderá se manter inspirada e continuar sempre firme na dieta nórdica, evitando voltar aos velhos hábitos e recuperar o peso perdido! Por ser sustentável, nós consideramos que essa é uma dieta que vale a pena, e você o que acha? Deixe seu comentário.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.