Alimentação

Dieta dos pontos: O que é e como fazer? Funciona mesmo?

A dieta dos pontos é realizada através da estratégia de diminuição da ingestão calórica diária, consumindo menos calorias do que se gasta. Assim, o corpo começa a utilizar a energia da gordura corporal estocada para realizar as atividades metabólicas.

Foi criada em 1960 pelo médico endocrinologista Alfredo Halpern, que também era professor universitário e chefe do grupo de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital das Clínicas da USP.

Essa dieta ficou bastante conhecida por não restringir os alimentos a serem consumidos, e é feita com base na pontuação recebida pelos alimentos, ou seja, cada alimento recebe uma quantidade de pontos específicos baseados nas características nutricionais e calóricas que apresentam em sua composição.

Com base nisso, é definido o cardápio a ser seguido, a fim de atingir o objetivo de emagrecimento. É uma dieta segura, benéfica, mais fácil de ser realizada  e que funciona de verdade se seguida de maneira correta ou com o acompanhamento de um nutricionista.

Se você quer saber tudo sobre a dieta dos pontos, continue lendo esse artigo até o final pois vamos passar todos os detalhes de como funciona esse método para emagrecer com saúde!

dieta dos pontos

Perder peso de forma prazerosa?

Quem disse que fazer dieta precisa ser desgastante e rigoroso? Diferente de outras dietas, ela não tem restrições, e permite a perda de peso de forma leve, tranquila, e até mesmo prazerosa, pois não restringe os alimentos nem define quais ou não podem ser consumidos.

Porém, é importante salientar que, não ter restrições não significa que não terá disciplina na escolha dos alimentos, sempre será importante escolher os melhores alimentos, com mais qualidade e nutrição, isso é bastante importante não somente para a perda de medidas, mas também para uma boa saúde em geral, afinal, nós somos aquilo que comemos não é mesmo?

Portanto, o ponto chave da dieta é: Comer menos calorias, e comer mais variedades de alimentos, isso aumenta a saciedade e a nutrição do corpo.

Leia também:

Esse método evita vários problemas decorrentes de uma dieta pesada, como por exemplo:  

  1. Crise de compulsão alimentar

Existem vários casos comprovados de pessoas que seguiram uma dieta restritiva, e logo depois apresentavam quadros de compulsão, agravando bastante o quadro, pois além de provocar o efeito sanfona,

  1. Estresse e tristeza

Em dietas restritivas, a dopamina (um neurotransmissor responsável pela sensação de prazer) fica inativado e sem estímulo para realizar as sinapses, resultando em estresse e tristeza, pois comer bem faz parte das sensações de prazer.

A dieta dos pontos realmente funciona?

dieta dos pontos funciona

Em um estudo publicado pela revista The Lancet, foi comprovado que a dieta dos pontos é altamente eficaz na perda de peso, sendo a mais eficiente até mesmo para pessoas com obesidade e sobrepeso.

Esse estudo foi desenvolvido na Inglaterra, com um grupo de mais ou menos 700 pessoas com quadro de obesidade. Essas pessoas foram divididas em dois grupos, e o grupo que seguiu a dieta perdeu até duas vezes mais que o grupo que não utilizou o método da dieta dos pontos. Além disso, o grupo que utilizou o método estava com mais facilidade de continuar o processo de perda de peso em relação ao outro grupo.

É uma dieta que realmente funciona, e também, cientificamente comprovada a sua eficácia, pois o corpo precisa de energia para realizar várias funções e atividades do metabolismo, se sempre tiver alimentos, o gasto será só dos alimentos, porém, se a quantidade de calorias for diminuída, o corpo cuidará para utilizar energia da gordura corporal, resultando no emagrecimento.

 

porque o ponto principal da dieta é sempre consumir menos calorias que o corpo necessita.

Como é feita a dieta dos pontos?

dieta dos pontos emagrece

Primeiramente, o cálculo leva em consideração o sexo, a idade, a prática ou não de atividades físicas, e também, o quadro de saúde e necessidades vitamínicas e nutricionais de cada pessoa para poder definir a quantidade de pontos e por quais alimentos será obtido esses pontos.

 

De modo geral, cada ponto equivale a 3,6 Kcal, mas para chegar a quantidade aproximada, é preciso fazer uns cálculos de acordo com sua idade, peso e suas atividades diárias.

  1. Calcular a taxa de metabolismo basal (TMB)

Primeiro, é preciso calcular o TBM, que é a taxa de metabolismo basal, mas é uma taxa estimativa para ter uma base de cálculo, não é algo 100% exato. Para isso, é importante consultar um nutricionista.

 

As taxas funcionam assim:

 

Mulheres:

  • 10 a 18 anos: Peso x 12,2 + 746
  • 18 a 30 anos: Peso x 14,7 + 496
  • 30 a 60 anos: Peso x 8,7 + 829
  • Acima de 60 anos: Peso x 10,5 + 596

Homens:

  • 10 a 18 anos: Peso x 17,5 + 651
  • 18 a 30 anos: Peso x 15,3 + 679
  • 30 a 60 anos: Peso x 8,7 + 879
  • Acima + de 60 anos: Peso x 13,5 + 487

 

Para exemplificar:

 

Um homem de 32 anos, com 72 kg e que frequenta a academia regularmente, a base para ele é a de 30 a 60 anos. Logo, o cálculo deve ser feito assim:

 

TMB= 72 Kg x 8,7+ 879=

TMB=1,505 Kcal/dia

  1. Calcular o gasto de energia total (GET)

Após calcular o TMB, é preciso calcular o GET (gasto de energia total) com base no NAF (nível de atividade física) ;

 

NAF:

Sedentário (1,2):

Não é praticante de atividades físicas, não frequenta academia, passa maior parte do tempo sentado, trabalhando em frente ao computador,dirigindo..

Leve (1,4):

Pratica atividades mais leves como caminhadas e alongamentos, com frequência de 2 a 3 vezes por semana.

Moderado(1,6):

Nesse nível, a pessoa é praticante de atividades físicas consideradas moderadas, como danças, yoga, corridas mais leves, natação, exercícios aeróbicos e andar de bicicleta, e com uma frequência de 3 a 5 vezes por semana.

Ativo (1,9):

Pessoas praticantes de exercícios mais pesados como levantamento de cargas ou pesos na academia, futebol, corridas, cortar lenha, com frequência semanal de 5 a 6 vezes.

Extremamente ativo (2,3):

Pessoas que praticam atividades pesadas todos os dias, como os atletas, maratonistas, ciclistas, nadadores de competição…São pessoas que sempre estão treinando e em atividades intensas.

 

Sabendo o nível de atividades, é preciso realizar outro cálculo para poder chegar aos pontos. O cálculo é feito assim:

 

Continuando com o exemplo do homem, ele vai a academia com uma frequência regular, logo ele entra no NAF 1,9

GET = TMB X NAF

GET= 1,505 X 1,9=

 

GET= 2,859 Kcal/dia

 

  3. Transformando o GET em pontos

Sabendo do GET, agora é só dividir por 3,6 que equivale a 1 ponto.

 

Pontos diários = GET ÷ 3,6 Kcal

 

PD= GET÷ 3,6 Kcal

PD= 2,859÷ 3,6 Kcal

PD=794  

 

Após isso, terá os pontos que precisam ser consumidos diariamente para realizar a dieta corretamente. Mas é muito importante fazer com o acompanhamento de um nutricionista, além de dar os resultados com maior precisão, ele passará os alimentos adequados para sua situação.

Se você gostou do artigo, compartilhe-o em suas redes sociais para ajudar outras pessoas que precisam conhecer mais sobre a dieta dos pontos. E se tiver dúvidas, deixe abaixo o seu comentário que iremos responder com todo prazer.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.